sexta-feira, 24 de julho de 2009

Os números que não se podem esconder

No final de Junho, Teixeira dos Santos punha-se em bicos de pés para anunciar o fim da crise em Portugal. Mas eis que agora outros indicadores trazem para cima da mesa o que o Governo tenta esconder debaixo da toalha. O número de desempregados cresceu 28 por cento em Junho e o mesmo ministro vem agora dizer que são uma consequência normal da crise. A mesma que em Junho passado já estaria a aterminar em Portugal. E ainda há quem acredite nele...

2 comentários:

geocrusoe disse...

infelizmente há quem acredito, mas no conjunto ainda há pior do que ele... o número 1 do elenco

João Barbosa disse...

eheheheheheh... ainda não perceberam que já não enganam ninguém