quarta-feira, 21 de julho de 2010

Mais um encerramento anunciado para o Faial?


Foi preciso morrer um recluso na Cadeia de Ponta Delgada, para o ministro da Justiça, Alberto Martins, se dignar a vir lançar a primeira pedra do novo Estabelecimento Prisional de Angra do Heroísmo, que já tinha sido prometido há 11 anos pelo então titular da pasta Vera Jardim e deveria ter sido inaugurada em 2001.

Ainda assim, o ministro Alberto Martins não teve vergonha de deixar mais uma promessa: a de que as obras de construção do novo Estabelecimento Prisional de Ponta Delgada, ainda sem data agendada para arrancar e sem verba disponível, são uma prioridade. Esperemos que não tenha de morrer mais ninguém para que isso seja, de facto, uma realidade!

Entretanto, e como não há duas sem três, o ministro Alberto Martins lá se foi descaindo e confessando que será "um processo natural" a provável vinda de reclusos de outras ilhas para a Terceira, nomeadamente da Cadeia da Horta. Querem ver que, com jeitinho, está na calha mais um encerramento anunciado para o Faial?

2 comentários:

cefaria disse...

Enquanto o poder socialista verificar que encerrar estruturas no Faial não tem custo políticos pare ele, a razia vai continuar.

A ilha dentro de mim disse...

O problema é que não tendo custos políticos, tem imensos a nível social e económico...