sexta-feira, 10 de abril de 2009

Em reflexão


A Sexta-feira Santa não é só mais um feriado.
Mas se o é num País cada vez menos católico,
então, talvez nem devesse ser feriado.

3 comentários:

geocrusoe disse...

Ainda hoje reflecti sobre o assunto, não no modo de retirar o feriado, mas como conciliar num país dito laico, mas que aceita a liberdade religiosas, cada um ter os seus feriados para expressar a sua fé sem ser perturbado e ainda sem prejudicar aqueles que não professam qualquer crença. Confesso que a Páscoa me diz muito e outros feriados nada me dizem...

ematejoca disse...

OLA
PASSEI PARA DESEJAR UMA SANTA PASCOA---------
--♥♥_♥♥
_♥♥___♥♥
_♥♥___♥♥_________♥♥♥♥
_♥♥___♥♥_______♥♥___♥♥♥♥
_♥♥__♥♥_______♥___♥♥___♥♥
__♥♥__♥______♥__♥♥__♥♥♥__♥♥
___♥♥__♥____♥__♥♥_____♥♥__♥_____
____♥♥_♥♥__♥♥_♥♥________♥♥
____♥♥___♥♥__♥♥
___♥___________♥
__♥_____________♥
_♥____♥_____♥____♥
_♥____/_____\___♥
_♥____\__/♥\__/___♥
___♥__________♥
_____♥♥_____♥♥
_______♥♥♥♥♥

Aqui a Sexta-Feira Santa e a Segunda-Feira de Páscoa sao feriados.

Um Bom Domingo de Páscoa!

A ilha dentro de mim disse...

A mim também me diz. Mas o que vejo cada vez mais é uma sociedade portuguesa que só pensa na Páscoa dos doces e amêndoas, das férias e dos almoços em família, esquecendo premeditadamente a reflexão da Quaresma e a vivêencia da verdadeira semana pascoal...